x
×
Siga o Top de Marcas nas redes sociais

ECOFOOD: Negócio apostou na mudança comportamental do consumidor

Aplicativo criado em Londrina e que se estendeu à Maringá conecta restaurantes com excedente de comida a consumidores conscientes 

Você já parou para pensar na quantidade de comida que é desperdiçada todos os dias? Em 2018 o Rafael Moreno passou a pensar sobre o assunto logo depois de assistir a uma reportagem na televisão. Na época, conversou com o ex-sócio, Raphael Koyama, cuja família era proprietária de um restaurante de comida japonesa em Londrina, sobre qual era a quantidade de comida excedente e o que era feito com ela. 

O ponto de partida para o desenvolvimento de um projeto maior foi um teste prático: depois de um dia inteiro de produção do restaurante a solicitação foi para que ninguém retirasse nada da comida que não havia sido consumida. Apenas com o excedente foi possível fazer 14 marmitas e alimentar 20 pessoas. Assim, surgiu o Ecofood, um aplicativo que oferece uma solução para o desperdício de alimentos conectando restaurantes com comida excedente às pessoas que, além de se alimentarem bem e por um preço mais baixo, desejam fazer a diferença por um mundo mais sustentável. É possível retirar o pedido no horário proposto pelo restaurante parceiro ou agendar uma entrega. 

O aplicativo foi lançado na cidade em 2019. Logo no início das atividades, com apenas 18 dias de empresa, foi premiado pela Instituição Capitalismo Consciente. De lá pra cá muitos obstáculos surgiram, mas também novas soluções apareceram. A pandemia foi um deles que surgiu no meio do caminho, já que muitos restaurantes foram impactados e o Ecofood depende de restaurantes ativos e com comida excedente. “Um terço dos nossos parceiros fecharam as portas e mais de 30% mudaram o modelo de negócio”, conta Rafael Moreno. 

Mas mesmo com altos e baixos, o sonho de oferecer à sociedade uma forma de impactar positivamente o mundo se manteve firme. “Não desistimos do projeto”, destaca Rafael Moreno. Atualmente, o aplicativo está disponível em Londrina e Maringá com 45 restaurantes parceiros ativos. Ao todo, o Ecofood já evitou o desperdício de 28.26 toneladas de refeições e evitou a emissão de 95.25 toneladas de CO². 

Apesar dos efeitos econômicos da pandemia sobre os restaurantes, a mudança comportamental causada no consumidor pode ser bastante positiva para o Ecofood, como comenta Rafael Moreno: “Projetos como o nosso voltados para o impacto social e ambiental estão cada vez mais fortes na sociedade. E na pandemia as pessoas pararam para pensar no planeta em que vivem hoje e que ele será o mesmo amanhã .”

Além das refeições disponíveis no aplicativo, também há uma linha de produtos ecológicos disponíveis para o consumidor. 

Acesse o site para mais informações: https://ecofood.com.br/ 

Baixe o app disponível para Android e IOS.

Pesquisa
Realização
Scroll Up