Categorias

Gráfica

Após mais de 60 anos como parte da história de Londrina, a gráfica Ipê encerrou em maio do ano passado as suas atividades. A lembrança da empresa fundada por Alceu Malucelli é tão forte que, mesmo inoperante, alcança a liderança em seu segmento. Um dos sócios, Ulisses Malucelli, conta que a gráfica teve de parar suas máquinas devido à adoção da Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) e ao desuso do formulário contínuo – o principal produto da empresa –, antes utilizados para a emissão de Nota Fiscal. “Com a mudança da legislação pertinente, a documentação fiscal toda eletrônica, fomos diminuindo. E os equipamentos de formulário contínuo são específicos para isso.” Malucelli diz ainda não saber qual será o futuro da empresa, que continua aberta apenas para resolver pendências relativas ao seu fechamento. Mas, para ele, a longa trajetória da gráfica fará com que seu nome seja lembrado ainda por muito tempo. “É porque a Ipê sempre foi referência de qualidade e seriedade. As pessoas gostavam de trabalhar aqui, e sempre fomos uma empresa simpática e altamente produtiva. Trabalhávamos com três turnos.” Entre os clientes que utilizaram os formulários da Ipê estavam Magazine Luiza, PepsiCo e Votorantim.

Ipê

12.0%

Midiograf

10.2%

Líder

6.7%

Grafmark

1.9%

MC Cópias

1.5%

Outros

14.7%

Não lembra

53.0%